Notícias

Sicredi lança o Plano Safra 2018/2019


Compartilhe:

ASCOM Sicredi



Com o tema “Juntos, plantamos e colhemos melhores resultados”, a Sicredi Botucaraí RS realizou o lançamento do Plano Safra 2018/2019, evento realizado em Soledade, na noite de 22 de junho, para apresentar os recursos disponíveis para investimento no setor, reunindo profissionais e lideranças ligadas ao agronegócio dos 12 municípios de sua área de atuação.

O lançamento do Plano Safra, focado no agronegócio, um dos setores mais importante da economia, é um dos principais eventos do Sicredi que busca repassar informações específicas sobre o setor agro, além de fortalecer o relacionamento com os profissionais, entidades e setores ligados à agronegócio. “O Sicredi tem um papel importante neste setor, que é disponibilizar o recurso financeiro. É através do Agronegócio, dos recursos que são disponibilizados para o homem do campo (agricultura ou pecuária), que podemos gerar mais renda, mais negócio e mais crescimento para nossa região”, afirmou o Diretor Executivo, Carlos Rogério Matuella, reforçando que a instituição financeira busca trabalhar junta com todos, em prol dos produtores da região.

Informando que aproximadamente 200 milhões de reais em recursos do Plano Safra já estão disponíveis nas agências do Sicredi, o Diretor de Negócios, Eudes Mesacasa, juntamente com o Assessor de Negócios, Charles da Silveira, apresentaram o novo regramento para as linhas de crédito de Pronaf, Pronamp e demais produtos para custeio e investimentos com recursos do BNDES e suas documentações, prorrogações, adequações nas operações, entre outros. “Mais importante do que os R$ 530 milhões que temos de Carteira de Crédito, é dizer que 60% é agro; ou seja, R$ 320 milhões de custeio e investimento. O setor é bem representativo para a região e para o Sicredi e isto faz ser ainda mais importante nos tornarmos autossuficiente no crédito rural”, comentou Mesacasa.

Apoiando na importância do evento esteve presente o gerente regional da INTL FCStone, Eduardo Sanchez, que falou sobre temas gerais do Agronegócio, como cenário e setores econômico do agronegócio, influência do clima. “Nós estamos passando por um momento delicado em termos de macroeconomia. O mercado está cada vez mais olhando para os Estados Unidos, trazendo uma volatilidade do preço da soja, por exemplo, que resulta num preço atual que muitas vezes não tem liquidez, não tem comprador”, afirmou.