Notícias

Ministério Público apreende produtos impróprios para o consumo em São José do Herval


Compartilhe:

Daiane Meazza / Informações MP


Foto: Daiane Meazza -
Foto: Daiane Meazza -

A Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar esteve no município de São José do Herval nesta quinta-feira, dia 30. Foram fiscalizados estabelecimentos comerciais do Município e apreendidos inúmeros produtos improprios para o consumo.

Entres estes, carnes sem procedência, ovos, embutidos produzidos sem autorização, cucas, yogurtes vencidos, doces sem identificação, mel sem identificação, entre outros produtos vencidos ou sem identificação de origem.

Participaram da ação o Procon, Vigilância Sanitária Estadual e Vigilância Sanitária Municipal, Delegacia do Consumidor, Secretaria Estadual de Vigilância Agropecuária e Ministério Público. A ação foi coordenada pela promotora de Justiça de Soledade Cristina Schmitt Rosa.

Segundo ela essa ação já aconteceu em 90 municípios do Estado e o objetivo é desenvolver um trabalho de prevenção para que o consumidor receba um produto que esteja dentro dos padrões de qualidade. “O nosso objetivo não é só localizar alimentos impróprios para o consumo e descartá-los, mas também orientar os proprietários de estabelecimentos para que isso não aconteça novamente”, explicou.

Segundo ela estão sendo recolhidos produtos vencidos, carnes e outros alimentos sem procedência e outros alimentos impróprios para o consumo. As condições de higiene dos ambientes também estão sendo avaliadas.

Segundo a promotora todos os alimentos recolhidos estão sendo inutilizados. No caso de São José do Herval os produtos de origem animal estão sendo levados para a graxeira do frigorifico localizado no município para que sejam inutilizados. Os demais alimentos recolhidos serão levados para inutilização.