Notícias

Administração de São José do Herval esclarece informações sobre fechamento da Indústria de calçados Zalan


Compartilhe:

Foto:  - Prédio do Município destinado a instalação de empresas
Foto: - Prédio do Município destinado a instalação de empresas

O anúncio do fechamento da Indústria de Calçados Zalan Ltda no município de São José do Herval, vem despertando debates e dividindo opiniões na comunidade hervalense. Em uma sessão da Câmara de Vereadores, realizada a segunda-feira, dia 29, os empresários justificaram o encerramento das atividades no município por falta de apoio do Poder Público Municipal.

O prefeito, Lauro Rodrigues Viera, porém destaca que a empresa sempre recebeu apoio da administração local para seu funcionamento, sob a ótica do incentivo à geração de empregos. “No período em que esteve instalada em São José do Herval, a empresa usufruiu de benefícios que vão muito além do uso do espaço: somente no período compreendido entre 2004 a 2013, o município investiu o montante de R$ 106mil, por meio de um convênio de incentivo ao emprego, extinto em 2014 devido às limitações financeiras da municipalidade. Isso corresponde a uma média simples de R$ 10,6mil/ano. Em contrapartida, o retorno de ICMS gerado, tomando como média os últimos dois anos, é de R$ 2,3mil/ano.

Segundo o prefeito, as informações do setor de finanças municipais mostram que em 2015 o retorno de ICMS da empresa foi de R$ 499,83 e, em 2016, subiu para R$ 4.037,48, números que segundo ele são expressivamente inferiores aos investidos pela administração. “A esse cálculo, acrescenta-se a isenção de despesas de instalação, as quais infringem claramente as funções de uma incubadora empresarial, visto que estas têm como objetivo despertar a vocação empresarial através da promoção e do apoio ao empreendedorismo e ao surgimento e fortalecimento de micro e pequenas empresas industriais, ficando disponíveis ao empreendedor por um período máximo de até três anos”, afirmou o prefeito.

Segundo ele, é importante esclarecer a comunidade hervalense em relação aos fatos, destacando a existência de apoio ao empreendimento no município e evitando a disseminação de informações incorretas, segundo as quais o fechamento da empresa em São José do Herval seria consequência da falta de apoio aos empreendedores locais. “Nossa preocupação com a geração de empregos também continua e em breve uma nova empresa ocupará o espaço, gerando novos empregos”, afirma o prefeito Lauro Vieira.

 

Prédio ocupado pela Zalan já foi cedido para outra indústria

O prédio que antes era ocupado pela indústria de calçados Zalan já foi destinado para outra indústria. A empresa Salka Móveis Eirelli, que já atua no município de São José do Herval na área de fabricação de laminados está ampliando suas atividades e vai instalar uma segunda indústria no município, destinara a produção de peças para móveis, que deverá gerar de 10 a 20 empregos diretos.

A empresa já está fazendo a instalação das máquinas e as atividades devem iniciar ainda no mês de fevereiro.

Foto:  - Prefeito de São José do Herval, Lauro Rodrigues Vieira
Foto: - Prefeito de São José do Herval, Lauro Rodrigues Vieira