Notícias

Diretor-geral do Daer revoga decisão de parar ônibus intermunicipais


Compartilhe:

Fonte: Correio do Povo


Foto: Paulo Nunes / CP Memória -
Foto: Paulo Nunes / CP Memória -

O Rio Grande do Sul não ficará sem ônibus intermunicipais nesta sexta-feira, dia da greve geral organizada por diversas organizações sociais contra as reformas da Previdência e do Trabalho. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira em entrevista ao jornalista Rogério Mendelski, no programa Bom Dia, da rádio Guaíba, pelo diretor-geral do departamento, Rogério Brasil Uberti.

“Na noite de terça-feira, o secretário Pedro Westphalen entrou em contato conosco e a decisão foi revogada. Vamos encaminhar as empresas uma revogação da decisão no início da manhã. O Daer tem que fazer o seu trabalho que é a gestão do transporte rodoviário. A questão de segurança não é atinente ao departamento, então, os ônibus terão que atender a sociedade gaúcha e o Daer simplesmente vai fazer o papel de fiscalizador e orientador”, afirmou Uberti.

As empresas concessionárias serão informadas sobre a nova decisão no período da manhã e terão que funcionar normalmente no dia das manifestações. “A decisão deles não trafegarem na sexta-feira, vai ficar a cargo das empresas. Agora, as (empresas) que não trafegarem serão punidas de acordo com a lei”, declarou o dirigente.

A decisão assinada pelo diretor de transportes rodoviários do Daer, Lauro Hagemann, causou constrangimento ao órgão. Mesmo tentando evitar uma crítica direta, Uberti lamentou o ocorrido e pediu desculpas pela confusão gerada pelo órgão próximo ao feriado do dia do trabalho.

“Peço mil desculpas à população gaúcha. Fomos pegos de surpresa por essa questão, mas, ontem à noite, colocamos para o secretário e para o governo que o Daer não tem que se envolver na questão greve. Muito pelo contrário, temos que tentar, se for possível, colocar mais facilidades aos usuários das linhas. Ainda mais que na segunda-feira tem um feriado e os usuários irão se mover pelo Estado”, completou Uberti.