Notícias

Defesa Civil monitora situação dos municípios atingidos pelas chuvas


Compartilhe:

Foto: Rádio Soledade -
Foto: Rádio Soledade -

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul segue acompanhando as Coordenadorias Regionais em conjunto com os municípios, oferecendo toda ajuda necessária aos órgãos de segurança das localidades atingidas. Qualquer informação ou pedido de auxílio podem ser encaminhados pelo telefone 199. 

Confira os danos e municípios:

Santo Augusto:1 morte 

Sapiranga: 1 morte - Destelhamento (17 residências) 

Porto Alegre: 5 pessoas feridas: Destelhamento (atualizando informação) ( 40 famílias) ( 50 famílias nas ilhas) 

Júlio de Castilhos: Destelhamento (308 residências) 

Ijuí : Destelhamento (300 residências) 

Queda de árvores 

Montenegro: Destelhamento (300 residências, segundo Defesa Civil local) (03 postos de saúde) (3 escolas) (Decretou SE) 

Cruz Alta: Destelhamento (300 residências, segundo Defesa Civil local) (23 escolas destelhadas) 

Lagoão: Destelhamento ( 280 residências) 

Salto do Jacuí: Destelhamento (240 residências) (7 posto de saúde) (8 escolas) 

Capão do Cipó: Destelhamento ( 200  residências) 

Triunfo: Destelhamento (200 residências) 

Panambi: Destelhamento (115 residências) (3 prédios comercias) (3 prédios de ensino) (1 templo religioso) (1 prédio de uma ONG) 

Tupanciretã: Destelhamento (100 residências) 

Venâncio Aires: Destelhamento (94 residências) 

Santa Cruz do Sul: Dano na estrutura no parque da Oktobertfest 

Queda de árvores: Danos diversos em 85 residências (2 escolas) 

São Leopoldo: Destelhamento (60 residências) 

Tenente Portela: Destelhamento (42 residências) 

Santo Ângelo: Destelhamento (40 residências) 

Eldorado do Sul: Destelhamento (40 residências) 

Viamão: Destelhamento (32 residências) 

Caiçara: Destelhamento (32 residências) 

Soledade: Destelhamento (30 residências) (1 escola) 

Bom Retiro do Sul: Destelhamento (22 residências) 

São Sebastião do Caí: Destelhamento (20 residências)  

Estância Velha: Destelhamento (20 residências) 

Lajeado: Destelhamento (18 residências) 

Ernestina: Destelhamento (18 residências) 

Portão: Destelhamento (14 residências) 

Barra do Guarita: Destelhamento (12 residências) (1 destruída por queda de árvore) 

Bossoroca: Destelhamento (10 residências) 

Crissiumal: Destelhamento (10 residências) (6 galpões) 

Travesseiro: (1 creche pública) (1 clube) (8 aviários) (2 estufas) (10 galpões) 

São Jerônimo: Destelhamento (8 residências) 

Canudos do Vale: Destelhamento (6 residências) 

Charqueadas: Destelhamento (6 Unidades habitacionais e danos estruturais) 

Ametista do Sul: Destelhamento (6 residências) (3 estufas) 

Harmonia: Destelhamento (4 residências) 

Sarandi: Destelhamento (4 residências) 

Bagé :Destelhamento (3 residências) 

1 família desalojada 

Mato Queimado 

Destelhamento (3 residências) 

Alegria 

Destelhamento (3 residências) 

Arroio do Meio 

Destelhamento (2 residências) 

Campina das Missões 

Destelhamento (2 residências) 

São Pedro do Butiá 

Destelhamento (2 residências) 

Três Coroas  

Destelhamento (2 residências) 

Uruguaiana 

Destelhamento (1 residência) 

1 família desalojada 

São Pedro da Serra 

Destelhamento (1 residência) 

1 família desalojada 

Jaquirana  

Destelhamento (1 residência) 

Cristal do Sul 

Destelhamento (1 residência) 

Santa Rosa 

Destelhamento (1 escola) 

 

 

Texto: Ascom Defesa Civil
Edição: Léa Aragón/ Secom