Notícias

Comunidade do Campo Novo se opõe a remanejamento de turmas para Picada Casagrande


Compartilhe:

Edinara Vedi/Clic News


Foto: Edinara Vedi - Administração Municipal esteve no Campo Novo esclarecendo a comunidade mudanças
Foto: Edinara Vedi - Administração Municipal esteve no Campo Novo esclarecendo a comunidade mudanças

Após uma reunião realizada na tarde desta terça-feira, dia 06, na Escola Guilherme de Souza Portela no Campo Novo, comunidade continua contra as mudanças planejadas pela administração municipal sobre o remanejamento de turmas de duas escolas. Em meio a discussões e opiniões adversas a Administração buscou explicar suas ações a comunidade.

Durante alguns meses de estudos, a Secretaria da Educação, Cultura e Turismo planeja algumas mudanças para o ano letivo de 2018, que está previsto para começar no dia 26 de fevereiro. Contudo o assunto gerou grandes polêmicas nas comunidades do interior e entre lideranças. Sem sucesso em reunião, assunto ficou mal resolvido. Na oportunidade estiveram reunidos pais de alunos, alguns professores, equipe diretiva, vereadores e equipe da administração municipal. Por fim, ficou acordado que ainda haverão outras reuniões futuras, tendo em vista que a comunidade não concorda com as ações planejadas. De acordo com a comunidade, o fato trará diversos transtornos, sendo um deles os horários de chegada dos alunos em casa, além da falta de incentivo para o crescimento e desenvolvimento da localidade. 

O prefeito, José Flávio Godoy da Rosa esclareceu que no ano de 2017 a administração investiu aproximados R$1.500,000,00 a mais do orçamento proposto para o ano em educação ou seja, do limite constitucional de 25% para 33,11% ao ano. O prefeito, explanou expondo a situação atual do município que passa por uma grave crise financeira como tantos outros, acarretada pela falta de repasse de recursos Estadual e Federal, sendo o estado o devedor em mais de 500.000,00 reais, de verbas da saúde.

A crise também se deve pela enxurrada de processos judiciais existentes contra o município, grande parte indenizatórios, além da necessidade de adequar e pagar as indenizações provenientes da diferença do Piso salarial dos professores. De acordo com ele, oogasto aumentou devido a contratação de mais de 60 professores emergenciais no ano de 2017, com as mudanças propostas o gasto com professores emergências e com transporte escolar terão redução.

Na quarta-feira, dia 07, a Administração estará realizando uma reunião na Comunidade da Picada Silveira. A partir das 14h.

Entenda as possíveis mudanças:

As Escolas Municipais de Ensino Fundamental Vereador Armando Taffarel, da Picada Silveira e Guilherme de Souza Portela, do Campo Novo terão suas atividades em turno único, ambas no turno da tarde.  

Em torno de 50 alunos dos anos finais, do 6º ao 9º ano, da Guilherme de Souza Portela serão transferidos para a Escola Felisberto Casagrande, que tem capacidade para 250 alunos. A escola do Campo Novo passará a atender apenas no turno da tarde, da pré-escola ao 5º ano. Já a Felisberto Casagrande situada na Picada Casagrande atenderá manhã e tarde de pré-escola ao 9 º ano. De acordo com os estudos da Secretaria, a economia com o transporte do Campo Novo será de R$141mil.

Da E.M.E.F Vereador Armando Taffarel, Picada Silveira, 38 alunos dos anos iniciais (1º ao 3º ano), serão remanejados para a Escola Dom Pedro I, que tem capacidade para mais de 60 alunos por turno. A Dom Pedro I passará a atender da pré-escola ao 3º ano e a Vereador Armando Taffarel passará a atender do 4º ano 9º também no turno da tarde. Ambas as escolas em que os alunos serão transferidos são recém inauguradas, com novas instalações e boa infraestrutura. A economia também no transporte da Picada Silveira será em torno dos R$140mil.

As aulas iniciam no dia 26 de fevereiro e a partir do dia 19, os professores participarão de uma semana de formação.

Confira o número de alunos que frequentam a Rede Municipal (Ano letivo 2017)

EMEF Jordão Pinto da Silva Netto- Gramado São Pedro

124 alunos

CEM- Centro de Educação Municipal- Vila Vaz

139 alunos

EMEF Guilherme de Souza Portela- Campo Novo

124 alunos

EMEF São Roque- Picada Rosa

98 alunos

EMEI João Pedro Pinheiro da Rosa- Vila Vaz

146 alunos

EMEF Dom Pedro I- São Roque Avipal

51 alunos

EMEF Professora Elisabete Scalco- Vila Assis

234 alunos

EMEF Felisberto Casagrande- Picada Casagrande

99 alunos

EMEF Vereador Armando Taffarel- Picada Silveira

118 alunos

CAEE Centro de Atendimento Educacional Especializado Esperandio Catto- Vila Assis

51 alunos

EMEF Gonçalves Ledo (Junto a Getúlio Vargas)- Três Pinheiros

7 alunos

 

Foto:  - Prefeito Municipal José Flávio Godoy da Rosa, ouviu a comunidade
Foto: - Prefeito Municipal José Flávio Godoy da Rosa, ouviu a comunidade
Foto:  - Coordenador Pedagógico, Dirlei Bassani
Foto: - Coordenador Pedagógico, Dirlei Bassani
Foto:  - Secretário da Administração e Fazenda, Gilmar Muniz
Foto: - Secretário da Administração e Fazenda, Gilmar Muniz
Foto:  - Vereador Eduardo Vaz é contra o remanejamento de turmas
Foto: - Vereador Eduardo Vaz é contra o remanejamento de turmas
Foto:  - Vereador Olavo Batista Guerreiro diz estar do lado povo
Foto: - Vereador Olavo Batista Guerreiro diz estar do lado povo